Publicado em

Vantagens e desvantagens envolvendo o marketplace.

Primeiro é necessário diferenciar o marketplace do e-commerce, ambos são desenvolvidos para promover a compra e venda de produtos pela internet, porém a diferença é que no e-commerce uma determinada loja vende apenas seus próprios produtos, já no marketplace vários lojistas podem se cadastrar e vender seus produtos.

Um exemplo bem conhecido é o “Submarino”, onde você pode comprar um produto em determinada loja, mas isso não significa e ele será entregue por ela, o cliente pode ver em um mesmo site várias opções de preços, entrega, dentre outros.

Os marketplaces surgiram no Brasil em meados de 2012, e têm aumentado ao longo dos anos, são grande parte do faturamento de e-commerces e auxiliam no comércio tanto do atacado, como do varejo.

Este canais, facilitam as pesquisas feitas pelo comprador levando-o aos produtos que procura, isso consequentemente pode aumentar e muito a base dos clientes. Outro ponto positivo diz respeito à diminuição de gastos favorecendo o aumento das vendas e rentabilidade do negócio, que pode ser facilmente mensurada e analisada por ferramentas de integração como o Google Analytics, por exemplo.

Apesar das vantagens, existem alguns pontos a serem destacados no quesito desvantagem que podem incomodar como a catalogação (pode ser um processo demorado), o ranking que é um critério de peso e ainda considera o preço do produto e frete para classificá-lo nas primeiras posições e o repasse que se não for bem estudado pode levar a problemas de atrasos de entrega e pagamento.

Deixe uma resposta